Quando é que você vai casar?

Toda vez que encontro X ela me faz essa mesma pergunta. Eu até evito encontrá-la por causa disso. Já respondi: “quando Deus quiser”, “quando meu companheiro quiser”, “não sei”, “vai demorar”, “acho que nunca”. Engraçado que nunca respondi: “quando eu quiser”.

O problema não está em X, na pergunta e nem no casamento. O problema está no quando.

Para ela, o casamento é um fato: ele vai acontecer, só lhe resta saber quando. Mesmo sem querer, essa sua certeza presunçosa me incomoda. Que tal, da próxima vez, perguntar se eu quero casar. Eu explano a minha opinião sobre a vida a dois, conta-conjunta e todo o resto e você contra-argumenta sobre a vida a dois e todo o resto. A conta-conjunta fica pra outra hora.

Não vou casar, amiguinha X. Não tenho dinheiro (hoje) suficiente para esse investimento e, mesmo se tivesse (hoje) verba sobrando, não é algo que almejo (hoje).

O vestido, a festa, os convidados, as músicas, a cerimônia, a aliança. Tudo muito lindo. Mas hoje não. Concordo com a atriz Rosi Campos: “Nunca quis casar, sempre achei cafona. Mas choro em todos os casamentos a que vou”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s